Notícias

Arvores01

No âmbito do programa Floresta Comum, Esposende foi contemplado com mais cerca de 2000 árvores autóctones para reflorestação.

Este programa promove o fomento e incentivo à criação de uma floresta autóctone com altos índices de biodiversidade e de produção de serviços de ecossistema.

O projeto educativo aprovado permitiu captar para o concelho aproximadamente 2000 árvores de espécies adaptadas ao território, quer em termos edafoclimáticos, quer ecológicos, como o pinheiro-manso, medronheiro, bétula, azereiro e diferentes espécies de carvalhos. Para a entrega e distribuição das árvores, o Município contou com a colaboração das Juntas de Freguesia do concelho.

O Município de Esposende vai dar continuidade à sua aposta no fomento das espécies nativas, aliado ao combate das espécies invasoras. Recorde-se que a perda de biodiversidade e o colapso dos ecossistemas são considerados, pela Organização das Nações Unidas (ONU), como fazendo parte das cinco maiores ameaças à humanidade, assim como os eventos climáticos extremos, crises alimentares e de água e falha na adaptação às alterações climáticas.

Esta iniciativa enquadra-se no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, nomeadamente no que concerne ao ODS 13 – Ação Climática, ODS 15 – Proteger a Vida Terrestre e ODS 17 – Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade.

Já subscreveu a newsletter "Esposende Educa"?

Poderá fazê-lo aqui:


Seja bem-vindo(a)!