Notícias

Karate_censored

O projeto Municipal de Combate ao Insucesso Escolar – Rumo ao Sucesso concluiu o segundo ano de atividade com uma avaliação muito positiva por toda a comunidade educativa, verificando-se um crescimento exponencial de intervenções e do número de alunos participantes nas dinâmicas propostas.

Graças a uma reflexão conjunta com as entidades parceiras, agrupamento de escolas António Correia de Oliveira e António Rodrigues Sampaio, e Escola Secundária Henrique Medina, que permitiu uma maior inclusão do projeto nas dinâmicas das Unidades Orgânicas e a edificação de alicerces mais sólidos na promoção conjunta do sucesso educativo, verificou-se um aumento do número total de intervenções e de alunos.

Se no ano de implementação do projeto o balanço foi de 467 alunos participantes e 1125 intervenções, neste segundo ano, verificou-se um total de 1189 alunos e 2604 intervenções, ultrapassando-se, largamente, a meta estipulada em sede de candidatura (393 alunos envolvidos nas atividades de combate ao insucesso escolar).

Estes resultados são reflexo do aumento do número de articulações e de uma maior integração do projeto nas dinâmicas escolares, das quais se destaca a coadjuvação pedagógica com áreas curriculares e com as áreas de Oferta Complementar e Oficina do Mundo. As solicitações para a colaboração em múltiplos projetos e atividades que abrangeram diversas valências, desde a música, teatro, dança, TIC e robótica, ciências, xadrez, karaté, psicologia e terapia da fala, também contribuíram para a valorização do projeto.

Verificou-se uma maior aposta na Educação Parental, com a realização de sessões para pais/Encarregados de Educação, promovendo a partilha de dúvidas, inquietações relacionadas com o desafio de ser “pai/mãe”, apoio às famílias no desenvolvimento de competências e estratégias de intervenção positivas. Estas tiveram um impacto bastante positivo, refletindo a necessidade de um maior investimento nesta área.

Outra das áreas de ação foi a formação dos profissionais que trabalham com crianças e jovens, Conversa com técnicos de educação, que se debruçou sobre os desafios da educação integral e o facto de este ser um trabalho que exige um conhecimento aprofundado de temáticas relacionadas com a infância e as dinâmicas familiares e escolares.

Neste ano marcado por todas as especificidades associadas à pandemia Covid-19, o projeto demonstrou uma excelente capacidade de adaptação, flexibilidade e versatilidade, tendo conseguido manter as suas intervenções durante o 3.º período, num contexto de Ensino à Distância, que revelou inúmeros constrangimentos na Área da Educação.

De salientar, também, o reconhecimento por toda a comunidade educativa, nomeadamente os docentes, coordenadores dos diversos níveis de escolaridade e direções das Unidades Orgânicas que evidenciaram a crescente evolução, a consolidação e integração da intervenção do Projeto Rumo ao Sucesso, enquanto agente potenciador e gerador de oportunidades de aprendizagem para os alunos, com recurso a práticas artísticas diversificadas, aos ambientes criados no âmbito da ciência e tecnologia como meio de aprendizagem, e pelo desenvolvimento socio emocional e criativo, contribuindo para a inclusão social e para a promoção do sucesso educativo. Acresce referir que os responsáveis das organizações educativas locais manifestaram uma grande apreensão pelo facto de o Projeto terminar no decurso do ano letivo 2020-2021 e afirmaram que o mesmo não poderá desaparecer abruptamente anulando toda uma dinâmica criada e um paradigma de trabalho em rede que se tem vindo a consolidar e a demonstrar a sua eficácia na conquista do sucesso escolar.

O Projeto Rumo ao Sucesso enquadra-se no Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar do Cávado (PIICIE), aprovado pelo Programa Operacional Regional do Norte 2014/2020 (Norte 2020), orientado para a promoção da inclusão, do sucesso educativo e prevenção do abandono escolar.